70% DAS MULHERES EM TRATAMENTO SÃO ABANDONADAS POR PARCEIRO

70% DAS MULHERES EM TRATAMENTO SÃO ABANDONADAS POR PARCEIRO

Segundo o médico André Kot, apoio psicológico para toda a família é importante para atravessar a fase do tratamento sem abalos

Cuidado entre parceiros durante o tratamento é essencial para a recuperação do paciente

Na última semana, a cantora Preta Gil anunciou o fim do seu casamento após rumores de infidelidade do esposo. Preta, que atualmente está em um tratamento contra um câncer no intestino, agora faz parte de uma estatística divulgada pela Sociedade Brasileira de Mastologia. De acordo com o órgão, 70% das mulheres diagnosticadas com câncer lidam com o abandono do parceiro durante o tratamento.

buscar ajuda de um psicólogo pode ajudar a enfrentar essa fase. Ele ressalta que, o tratamento contra o câncer, exige bastante tanto da paciente, como dos que estão ao redor da pessoa. Por isso, é válido que a família também tenha apoio emocional.

“Nós sabemos que um tratamento contra uma doença tão severa não é algo simples de enfrentar, mas, se há apoio de um profissional de saúde mental esse caminho pode se tornar mais leve. Quimioterapia ou radioterapia mexem com toda a estrutura familiar. Mas, é importante frisar que a paciente deve saber que é amada, e se sentir acolhida no núcleo familiar”, concluiu.

CRÉDITO : DIRETO DO PODER

JNF BRASIL : JORNAL NOSSA FOLHA BRASIL

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *