Aliado de Malafaia e líder da bancada evangélica, Sóstenes Cavalcante quer ser vice de Lira na Câmara

 Parlamentar afirma ter apoio do presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, que teria obtido de Arthur Lira (PP-AL) promessa da vaga em troca de apoio à reeleição.


O líder da bancada evangélica, deputado Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), no plenário da Câmara, em imagem de 30 de março — Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

O líder da bancada evangélica na Câmara dos Deputados, Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), quer ser indicado pelo partido para assumir a vice-presidência da Casa em 2023 na chapa de Arthur Lira (PP-AL).

Cavalcante é pastor da Assembleia de Deus, aliado de Silas Malafaia e crítico ferrenho de Lula (PT).  Ou seja, caso a articulação do parlamentar vá para frente, o novo governo terá pela frente uma mesa da Câmara presidida por alguém que Lula, apesar dos acenos recentes, já chamou depreciativamente de “imperador”, ladeado por um integrante do primeiro partido a declarar oposição à Lula.

“Seguirei meu partido na oposição ao governo, mas a função da mesa requer diálogo”, pondera Cavalcante.

O parlamentar afirma que, ao fechar o apoio do PL – maior bancada da futura Câmara – à candidatura de Lira à reeleição, o presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto, pediu em troca – e vai levar – a vice-presidência.

“É possível que eu seja vice-presidente, sim”, afirma Cavalcante ao blog. “Valdemar e o líder Altineu [Côrtes, PL-RJ] já me apoiam.”

E Malafaia?

“Conversei com ele e ele sabe que eu estava pleiteando a vice desde a minha reeleição. Ele sabe que é importante, respeita meu trabalho, não tem restrição.”

Sostenes disse ao blog que na noite de terça-feira (29) haveria um jantar com a bancada do PL e esperava que as negociações entorno do seu nome avançassem na ocasião.

aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *