DESMATAMENTO

IBAMA APREENDE 3 mil CABEÇAS DE GADO 

O valor do gado apreendido pode superar R$ 10 milhões; 27 proprietários rurais foram notificados durante operação

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) iniciou uma operação para apreender gado criado em áreas embargadas por desmatamento ilegal na Amazônia.

Até o momento, 27 proprietários rurais foram notificados para retirar o gado dessas áreas, que somam 25 mil hectares.

O objetivo do embargo é permitir a recuperação da floresta. Caso as irregularidades persistam, novas autuações serão aplicadas e os rebanhos poderão ser apreendidos e destinados a programas sociais.

Em três áreas desmatadas, já foram apreendidas cerca de 3 mil cabeças de gado, consideradas produto de crime ambiental. O valor do rebanho apreendido pode superar R$ 10 milhões. Áreas com descumprimento de embargo são usadas como pasto por criminosos.

A Operação Retomada acontece no Amazonas e no Pará, regiões com grande concentração de desmatamento.

O presidente do Ibama, Rodrigo Agostinho, afirmou que a instituição continuará atuando com rigor nesses locais enquanto o desmatamento ilegal não for interrompido. Caso os alertas de monitoramento por satélite indiquem novas áreas críticas, a operação será ampliada.

A apreensão e a perda de bens e produtos relacionados a infrações ambientais são medidas previstas na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/1998) e regulamentadas pelo Decreto nº 6.514/2008. A operação conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Força Nacional de Segurança Pública.

JNFBRASIL JORNALNOSSAFOLHADF

__

__

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *