Governo e oposição fecham acordo para criar fundo administrado pela ONU

 O objetivo do fundo será o financiamento de programas de saúde, alimentação e educação. Negociações também envolvem o presidente do Estados Unidos Joe Biden, que afrouxou algumas sanções de petróleo sob a Venezuela


O governo da Venezuela e sua oposição concordaram neste sábado (26) em criar um fundo administrado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para financiar programas de saúde, alimentação e educação, enquanto o governo Biden afrouxou algumas sanções de petróleo sob o país em um esforço para aumentar as negociações recém-reiniciadas entre os lados ao permitir que a petroleira Chevron retomasse a exploração do petróleo venezuelano.

O acordo assinado na Cidade do México por representantes do presidente Nicolás Maduro e da oposição, incluindo o grupo apoiado pelos Estados Unidos e liderado por Juan Guaidó, marcou a retomada de negociações há muito paralisadas.

Os recursos venezuelanos mantidos no sistema financeiro internacional serão direcionados para o fundo, embora nenhum dos lados nas negociações nem o principal facilitador da Noruega, Dag Nylander, tenham dito se os governos dos EUA ou da Europa concordaram em permitir que os ativos congelados sejam canalizados para o novo mecanismo. Espera-se que cerca de US$ 3 bilhões sejam progressivamente direcionados ao fundo.

aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *