GRÁVIDA SOFRE FRATURA NO CRÂNIO

GRÁVIDA SOFRE FRATURA NO  CRÂNIO APÓS SER ATINGIDA POR PEDAÇO DE POSTE EM VILA VELHA 

Clesiane de Fátima Viana precisará passar por 

Uma mulher grávida de seis meses foi atingida na cabeça por um pedaço de concreto que despencou de um poste na Praia de Itaparica, em Vila Velha (ES), no início da tarde de domingo, 3. A empresária de 34 anos teve uma fratura e afundamento do crânio devido ao incidente, e precisará passar por cirurgia.

O caso ocorreu por volta de 12h, quando casal saiu para passear à beira mar e decidiu sentar em um quiosque para almoçar. Enquanto Clesiane de Fátima Viana e João Martinez olhavam se havia mesa para sentar no estabelecimento, ocorreu o incidente. 

“Nesse momento, eu escuto uma pancada bastante abafada e vejo uma pedra caindo depois de ter batido na minha esposa, e ela indo para o chão”, explica o marido.

 Inicialmente, ele achou que alguém tivesse jogado uma pedra, mas depois foi avisado por pessoas que pararam para ajudar que, na verdade, um pedaço do poste havia caído em sua esposa. 

Ele relata que a cabeça dela sangrava muito. O socorro foi acionado e demorou pelo menos 20 minutos, até que ela foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros até o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória. 

Clesiane de Fátima Viana e o marido, João Martinez, saíram para passear quando ocorreu o incidente.

“Ela perdeu muito sangue, mas não chegou a desmaiar por muito tempo. Mas desde aquele momento, ela estava sentindo as pernas dormentes”, relata. 

Na unidade, ela foi examinada e suturada. Ao entrar para ver Clesiane, o marido viu que ela já estava com a alta assinada. Então, ele questionou o médico, que informou que não seria necessário fazer nenhum exame mais aprofundado, pois “não valia o risco”. Segundo ele, nem a ultrassom fizeram para checar se o bebê estava bem. 

João saiu com a esposa da unidade, a levou para casa, para que ela tomasse um banho e comesse algo, antes de levá-la a um hospital particular. Enquanto dava banho nela, a mulher chegou a desmaiar. 

Depois disso, eles partiram direto para o Hospital Meridional, em Vitória. Na unidade, ela passou por uma ressonância, que apontou uma fratura e afundamento do crânio. “Isso estava pressionando para as pernas ficarem dormentes e ela perder mobilidade”, explica João. Clesiane passará por uma cirurgia ainda nesta segunda-feira, 4. 

O Terra pediu informações para a Prefeitura de Vila Velha a respeito do incidente e manutenções e vistorias dos postes da cidade, mas até o momento, não teve retorno. O espaço permanece aberto para manifestações. 

CRÉDITO : NOTÍCIAS LOCAIS

JNFBRASIL : JORNAL NOSSA FOLHA – DF ENTORNO E GOIÁS

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *