MASTRUZ OU ERVA-DE-SANTA-MARIA: PARA QUE SERVE E COMO CONSUMIR

MASTRUZ OU ERVA-DE-SANTA-MARIA: PARA QUE SERVE E COMO CONSUMIR 

Saiba como utilizar a planta em bebidas, comidas, pomadas, chás e emplastros

 O mastruz, também conhecido como “erva-de-santa-maria”, é uma das plantas mais utilizadas como remédio em todo mundo. Em função de seus diversos efeitos terapêuticos, foi recentemente incluída na Relação de Plantas Medicinais de Interesse do Sistema Único de Saúde (SUS), o que estimulou pesquisas com o objetivo de demonstrar a sua eficácia no tratamento de doenças e reforço imunológico.

Devido à tradição popular das receitas caseiras, é bastante usado, especialmente no Nordeste. “É considerado um poderoso vermífugo e aplicado, ainda, no tratamento de doenças gástricas e bronquite. Além disso, o uso tópico da planta triturada é realizado no caso de feridas, contusões e fraturas”, explica a nutricionista, especialista em fitoterapia e acupuntura, Luisilda Dernier Martins*.

Embora o mastruz tenha sido historicamente servido como erva medicinal e tempero em algumas cozinhas, é importante lembrar que, em grandes quantidades, ele pode ser tóxico. “É fundamental fazer uso dele com moderação”, resume a especialista.

Ela destaca ainda que é importante consultar um profissional de saúde ou um especialista em plantas medicinais antes de incorporar o mastruz à dieta, especialmente nos casos de gravidez ou preocupações no âmbito da saúde. “Devemos ter em mente que o uso de plantas medicinais pode levar a efeitos colaterais indesejados, especialmente se o paciente estiver tomando outros medicamentos. É importante ressaltar também que a eficácia do mastruz como tratamento não é amplamente reconhecida pela medicina convencional, e não há ainda comprovações científicas sólidas para sua utilização. Antes de usar o mastruz ou qualquer outra planta medicinal, é aconselhável ser avaliado por um profissional de saúde”, alerta.

 

DIÁRIO do  NORDESTE

JNFBRASIL JORNALNOSSAFOLHADF

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *