Meia tarifa no transporte coletivo de Aparecida de Goiânia começa a valer no sábado (7)

 Passagem das linhas locais deixará de custar R$ 4,30 e será de R$ 2,15 para usuários com cartão Bilhete Único


Meia tarifa no transporte coletivo de Aparecida de Goiânia começa a valer no sábado (7) (Foto ilustrativa: Jucimar de Sousa – Mais Goiás)

O benefício da meia tarifa no transporte coletivo de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana de Goiânia, começa a valer a partir do próximo sábado (7). Sendo assim, a passagem de ônibus das linhas locais deixará de custar R$ 4,30 e será de R$ 2,15 para os usuários que tiverem o cartão Bilhete Único.

O novo sistema começou a ser implantado na Região Metropolitana de Goiânia há quatro meses. A cidade de Aparecida de Goiânia será a quarta a aderir a meia tarifa. Municípios de Senador Canedo, Nerópolis, Goianira e Trindade já utilizam o benefício.

De acordo com a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), o objetivo principal é facilitar o acesso da população ao sistema e oferecer maior economia no deslocamento.

A mudança vai acontecer por etapas. No sábado (7), a meia tarifa vai começar a valer nas cinco linhas que alimentam o Terminal Vila Brasília. Em seguida, os terminais Araguaia, Garavelo, Maranata e Veiga Jardim vão receber o benefício também.

A expectativa é que até o mês de abril 32 linhas de ônibus de Aparecida de Goiânia estejam incluídas no sistema da meia tarifa. O presidente da CMTC, Tarcísio Abreu, diz que o intervalo de implementação da meia tarifa nos terminais é uma forma de planejamento. Assim, será possível monitorar, acompanhar e avaliar o serviço.

Mudanças com a meia tarifa

A meia tarifa é válida somente para os usuários do transporte público que tenham o cartão Bilhete Único. Além disso, o benefício fica ativo para integrações durante 2h e 30 minutos, que são contados a partir momento que o passageiro valida a passagem no terminal.

O embarque nos terminais vai ser alterado. Quando o terminal entrar no sistema da meia tarifa, as entradas serão liberadas, ou seja, não haverá catracas ou linhas de bloqueio. Os passageiros deverão embarcar pela porta da frente dos ônibus e apresentar o cartão Bilhete Único.

Com essa mudança, a CMTC enfatiza a necessidade dos usuários do transporte coletivo respeitarem a ordem de chegada e manterem uma fila para o embarque.

Ao embarcarem no ônibus, os passageiros vão pagar R$ 2,15 para circular durante a cidade. Caso seja necessário fazer uma integração em outro terminal, o passageiro deve acessar o ônibus pela porta da frente e validar o cartão Bilhete Único. Dessa forma, não haverá custos a mais.PUBLICIDADE

Para viagens mais longas, como ir para Goiânia, o usuário vai precisar pagar o complemento de R$2,15 da passagem, que vai ser cobrada automaticamente ao validar o cartão Bilhete Único no interior do ônibus.

aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *