Nadal sobe, vira vice-líder e Espanha domina ranking masculino do tênis

A Espanha está dominando o ranking ATP!




O ranking da ATP está dominado pela Espanha. O veterano Rafael Nadal subiu para o segundo lugar na atualização desta segunda-feira e confirmou a dobradinha espanhola, uma vez que o jovem Carlos Alcaraz ocupa o topo. Menos de mil pontos separam os dois compatriotas, que ainda poderão trocar de posição até o fim da temporada.

Trata-se da primeira vez em 22 anos que um país domina as duas primeiras posições na lista masculina. Isso não acontecia desde que os americanos Pete Sampras e Andre Agassi se revezaram na ponta, no fim dos anos 90. A última dobradinha deles aconteceu em 7 de agosto de 2000.

Curiosamente, os dois espanhóis são comandados por outros ex-líderes do ranking da Espanha. Nadal é treinado por Carlos Moya enquanto Alcaraz conta com Juan Carlos Ferrero. Ambos os técnicos ocuparam o topo na mesma época, mas sem disputa direta. Moya chegou ao posto de número 1 do mundo pela primeira vez em 1999. Ferrero obteve o feito em 2003.

Nadal subiu uma posição nesta segunda mesmo sem entrar em quadra na semana passada. Sua ascensão se deveu à queda precoce do norueguês Casper Ruud no Torneio de Seul, na Coreia do Sul. Ele defendia o título conquistado em San Diego no ano passado, nesta mesma época da temporada passada.

Outra alteração no Top 10 aconteceu justamente na última posição desta lista. Sem defender seus pontos, o italiano Jannik Sinner caiu duas colocações e aparece agora em 12º. O polonês Hubert Hurkacz e o americano Taylor Fritz aproveitaram a oportunidade e subiram uma posição cada, para 10º e 11º, respectivamente.

Entre os brasileiros, Thiago Monteiro perdeu uma colocação e está agora em 63º, uma acima do seu recorde na ATP. Felipe Meligeni manteve o 143º posto, enquanto Matheus Pucinelli caiu três lugares e ocupa no momento o 193º.

FEMININO

O Top 10 da WTA contou com quatro alterações nesta segunda, sem afetar a líder Iga Swiatek. Oscilando nas primeiras posições, a estoniana Anett Kontaveit voltou para o terceiro posto, enquanto a espanhola Paula Badosa retornou ao quarto lugar. A belarussa Aryna Sabalenka ganhou uma colocação e aparece em quinto. Ela desbancou a americana Jessica Pegula para o sexto posto.

A brasileira Beatriz Haddad Maia sustentou o 15º lugar, que é a sua melhor posição da carreira até agora. Laura Pigossi, medalhista olímpica nos Jogos de Tóquio, ganhou duas colocações e figura agora em 106º. Carolina Meligeni manteve o 169º posto.

Confira o Top 10 do ranking masculino:

1º – Iga Swiatek (POL), 10.180 pontos

2º – Ons Jabeur (TUN), 4.885

3º – Anett Kontaveit (EST), 4.010

4º – Paula Badosa (ESP), 3.934

5º – Aryna Sabalenka (BEL), 3.470

6º – Jessica Pegula (EUA), 3.447

7º – Maria Sakkari (GRE), 3.355

8º – Coco Gauff (EUA), 3.047

9º – Simona Halep (ROM), 3.025

10º – Caroline Garcia (FRA), 2.930

Confira a lista das 10 melhores do feminino:

1º – Carlos Alcaraz (ESP), 6.740 pontos

2º – Rafael Nadal (ESP), 5.810

3º – Casper Ruud (NOR), 5.645

4º – Daniil Medvedev (RUS), 5.065

5º – Alexander Zverev (ALE), 5.040

6º – Stefanos Tsitsipas (GRE), 4.810

7º – Novak Djokovic (SER), 3.820

8º – Cameron Norrie (ING), 3.445

9º – Andrey Rublev (RUS), 3.345

10º – Hubert Hurkacz (POL), 3.175

aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *