OPERAÇÃO LIBRAS: SURDO E MUDO, TRAFICANTE NEGOCIAVA DROGAS POR BILHETE

O autor, que é surdo e mudo, foi flagrado pela PCDF vendendo drogas em uma feira desativada do Paranoá

PCDF/Divulgação

Policiais da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) deflagraram a Operação Libras para prender um homem, de 41 anos, que traficava drogas, como crack e maconha, em uma feira desativada do Paranoá. O criminoso é surdo-mudo e foi flagrado.

Na ocasião, dois homens e duas mulheres também foram conduzidos à delegacia por porte de drogas para consumo pessoal. A investigação teve início a partir de informações prestadas por populares noticiando que uma pessoa, com deficiência auditiva, estaria traficando pedras de crack e maconha nas proximidades do restaurante popular.

Durante monitoramento no local, os investigadores conseguiram flagrar o momento em que o autor repassava as pedras de crack para os usuários. No local, foram realizadas mais buscas nas barracas abandonadas da feira, onde foram encontradas 26 pedras de crack, porções de maconha e R$ 131 em espécie.

Tráfico de drogas

De acordo com a 6ª DP, o autor usava cartões para se comunicar com os usuários, que realizavam seus pedidos de forma escrita, não prejudicando o entendimento por parte do autor e possibilitando o cometimento do crime.

O autor foi preso em flagrante e encaminhado à carceragem da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), onde permanece à disposição da justiça. Os usuários assinaram termos de compromisso de comparecimento e foram liberados.

CRÉDITO : DIRETO DO PODER

JNF BRASIL : JORNAL NOSSA FOLHA BRASIL

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *