Pai mata filhas de 4 e 8 anos a facadas e depois coloca fogo no carro onde elas estavam, diz polícia

 

Segundo o
delegado Humberto Teófilo, homem disse que iria matá-las para se vingar de uma
suposta traição da esposa. Ramon de Souza Pereira ainda não foi encontrado.
Um motorista de
aplicativo é suspeito de matar a facadas as duas filhas de 4 e 8 anos de idade
e depois atear fogo no carro com elas dentro, na GO-462, em 
Santo Antônio de Goiás. Segundo o delegado Humberto Teófilo, os avós das
crianças chegaram a mostrar uma ligação gravada em que o homem disse que iria
matá-las para vingar uma suposta traição da esposa.
O caso aconteceu na segunda-feira (22). A Polícia Civil informou
que depois do crime Ramon de Souza Pereira fugiu para uma região de mata. Ele
não foi encontrado até as 7h25 desta terça-feira (23).
o delegado Humberto Teófilo explicou que na gravação da
ligação com o pai das crianças foi possível ouvir as meninas implorando para
que ele não as matassem.
“As meninas estavam gritando ‘não faz isso’. Os avós
estavam desesperados quando pararam a viatura para pedir ajuda”, contou o
delegado.


De acordo com o delegado, o homem agrediu a esposa após saber
da traição. No dia do crime, ele pegou o carro dela e buscou as meninas na
escola. “Ele normalmente não busca as crianças no colégio, ontem ele foi.
Então ele pegou as duas lá e não voltou para casa”, disse o delegado.


Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *