RÉU É MORTO APÓS ATIRAR EM JUIZ DENTRO DE FÓRUM NO MT

RÉU É MORTO APÓS ATIRAR EM JUIZ DENTRO DE FÓRUM NO MT

Homem entrou armado na sala de audiências e alvejou magistrado enquanto conversava com o advogado que o representava.

Juiz Carlos Eduardo de Moraes Filho (MT)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Supremo Tribunal Federal (STF) foram informados na segunda-feira (1º/10) da morte de um homem no fórum da cidade de Vila Rica, em Mato Grosso, após desferir um tiro contra o juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva.

O homem foi atingido por seguranças do tribunal enquanto o juiz conversava com o advogado dele. Naquele momento, o sujeito entrou armado na sala de audiências.

A assessoria do CNJ informou que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) faz um diagnóstico para melhorar a segurança dos prédios do Poder Judiciário, incluindo a utilização de um sistema de controle de acesso de pessoas, com equipamentos como alarmes e detectores de metais.

Leia também

Dedo no gatilho. Após ameaça de morte, integrantes do Tribunal de Contas do DF fazem curso de tiro. Veja vídeo

Desembargador reage a assalto e fere criminoso no Lago Sul

Advogado é preso depois de bater e tentar enfocar juiz

De acordo com o CNJ, o Departamento de Segurança Institucional do Poder Judiciário (DSIPJ) do CNJ dará apoio para todas as ações relacionadas à segurança dos magistrados, servidores e visitante nas áreas e instalações das unidades judiciárias.

Por: Metrópoles

JNFBRASIL-JORNAL NOSSA FOLHA-DF, ENTORNO E GOIÁS.

 

 

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *