Rota prende traficante que estava entre os mais procurados de SP

 O traficante Valter Lima Nascimento, conhecido como Guinho, é apontado como o braço direito de Fuminho, principal fornecedor do PCC


São Paulo – A Rota, tropa de elite da Polícia Militar em São Paulo, prendeu na madrugada da última quarta-feira (4/1) um traficante ligado ao PCC que constava na lista dos 16 criminosos mais procurados do estado.

Valter Lima Nascimento, 42 anos, conhecido como Guinho ou Zoinho, foi preso por volta das 2h na praça Vicente Rodrigues, no Butantã, zona oeste de São Paulo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os agentes da Rota receberam uma denúncia anônima de que ele circulava em um Uno preto e, pela placa, identificaram onde ele estava.

Ainda segundo o órgão, Guinho apresentou um documento falso de identificação aos agentes, mas acabou confessando seu verdadeiro nome. Ele foi encaminhado para o 14º Distrito Policial e teve o celular e alguns documentos apreendidos.

Histórico

Guinho é apontado pela polícia como o braço direito do principal fornecedor de drogas do PCC, Gilberto Aparecido dos Santos, o Fuminho. Segundo investigadores, Fuminho foi um dos arquitetos de um plano de resgate do chefe da facção, Marcos Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola.

Em setembro de 2019, Guinho havia sido preso com 400 quilos de cocaína num shopping em Santo André. Sete meses depois, foi liberado após conseguir um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).

Em setembro de 2020, ele foi condenado a mais de 20 anos de prisão por tráfico de drogas, mas até o momento não havia sido encontrado e era considerado foragido.

aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *