TURISMO

MELHORES CIDADES DO BRASIL PARA APOSENTADOS

 Por: RUMOS

A maioria das pessoas que está próxima da aposentadoria sonha com tranquilidade, qualidade de vida com estilo simples e agradável. E com isso surge a possibilidade de mudar e escolher uma nova cidade para viver a melhor idade. Litoral, campo ou cidade. São muitas opções para diferentes perfis. Entre a natureza e uma vida mais urbana, há várias alternativas.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), em parceria com o Instituto de Longevidade Mongeral Aegon, fez uma pesquisa, neste ano de 2023, sobre as melhores cidades para aposentados.

No topo da lista está São João da Boa Vista, em São Paulo, a 218 km da capital. Fundada em 1924, a cidade tem apenas 90 mil habitantes e uma economia bastante diversificada, o que a torna uma excelente opção.

Em seguida, aparece Porto Alegre, a cidade com maior quantidade de condomínios residenciais dedicados a idosos. Embora seja considerada uma cidade com alto custo de vida, ela é rica em serviços.

Niterói, no Estado do Rio, destaca-se por ter o maior número de médicos por habitante no Brasil. Além de belos projetos de Oscar Niemeyer, tem um dos maiores índices de Desenvolvimento Humano do Brasil.

Florianópolis, em Santa Catarina, oferece excelente qualidade de vida e lazer, foi considerada pela Unesco “cidade criativa”, e foi classificada pela ONU como a cidade com o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Quem gosta do interior, São José do Rio Preto, no oeste do Estado de São Paulo, possui ótimos sistemas de saúde, e um clima de grande qualidade para quem busca mudança.

Na lista de cidades menores, surgem Vinhedo, Lins, Fernandópolis e Tupã, todas no Estado de São Paulo.

Você pode optar por outras cidades ou até continuar onde vive. O importante é sentir-se bem para ser feliz em uma nova fase da vida.

JNFBRASIL JORNALNOSSAFOLHA-DF ENTORNO E GOIÁS.

 

Jornal nossa folha DF

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *