Vasco vence Ituano na última rodada e garante vaga na série A

 Com gol de Nenê, logo no início da partida, Gigante da Colina confirmou o acesso para a elite do futebol em 2023


E o Vasco está de volta a série A. Neste domingo (6/11), a equipe carioca derrotou o Ituano por 1 x 0 na última rodada da série B, e garantiu o retorno a elite depois de dois anos. A equipe venceu com gol de Nenê, de pênalti. O resultado garantiu o retorno do Gigante da Colina para a série A

Como esperado, não faltou emoção no Novelli Júnior na partida que encerrou a série B. Logo aos 5 minutos da primeira etapa, o Vasco abriu com Nenê de pênalti, após Lucas Dias colocar a mão na bola dentro da área e ser expulso. No início do 2º tempo, Andrey deu entrada dura e também foi expulso, deixando tudo igual.

Resumo da partida

E seguindo a previsão, alta tensão logo no início da partida. E com apenas dois minutos de jogo, a zaga do Ituano falhou, Raniel dividiu com o goleiro, a bola sobrou para Figueiredo que chutou, mas o zagueiro Lucas Dias evitou o gol com a mão. O juiz marcou pênalti e expulsou o defensor. Na batida, Nenê abriu o placar.

O clima continuou quente, e os lances intensas disputas de bola marcavam os primeiros minutos de partida. Mesmo com um a menos, o Galo de Itu tentava chegar ao empate. Apesar da diferença numérica, a equipe paulista conseguia fazer pressão e levar perigo.

Organizado, o Ituano conseguia conter as principais descidas do Vasco, que tinha dificuldades em atacar e em se defender. Aos 27, Aylon cabeceou e obrigou Thiago Rodrigues a fazer grande defesa para evitar o empate. O time carioca foi para o intervalo com a vantagem no placar.

Na volta para o segundo tempo, foi a vez do Vasco fazer uma blitz conta os donos da casa. Jefferson Paulino precisou fazer duas defesas impressionantes para não deixar o Gigante da Colina ampliar a vantagem. Só que aos 11, Andrey Santos deu entrada dura e acabou sendo expulso direto, deixando tudo igual na quantidade de jogadores.

A partida seguia movimentada, mas sem jogadas de perigo. As duas equipes arriscavam de fora da área, mas pecavam na pontaria.

Com 32 minutos, Brenner recebeu ótimo cruzamento e cabeceou no canto, mas a bola acabou passando rente a trave para fora. A equipe paulista continuou pressionando durante todo o 2º tempo, mas acabou parando no goleiro Thiago Rodrigues.

aulas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *