CÂMARA DOS DEPUTADOS 

CÂMARA DOS DEPUTADOS 

 

O PRESIDENTE DA CÂMARA, ARTHUR LIRA (PP), ENVIOU AO CONSELHO DE ÉTICA UMA REPRESENTAÇÃO CONTRA GLAUBER BRAGA

 

 

O motivo foi a expulsão de um militante do Movimento Brasil Livre (MBL) das dependências da Câmara na semana passada.

 

A representação, apresentada pelo Partido Novo, foi encaminhada ao colegiado nesta segunda-feira 22. Agora, cabe ao presidente do Conselho de Ética, Leur Lomanto Jr. (União Brasil-BA), escolher um relator para o caso.

 

O deputado do Psol expulsou o influenciador Gabriel Costenaro após ter sido chamado de “burro” por ele durante uma discussão. A briga aconteceu no hall de entrada do anexo III, que dá acesso ao corredor onde funcionam as comissões temáticas da Câmara.

 

O caso terminou no Departamento de Polícia Legislativa, onde Braga também discutiu com o colega Kim Kataguiri (União-SP) e teve de ser contido. Depois do ocorrido, o parlamentar disse não se arrepender do episódio. “Não vou recuar pra facista de MBL.”

 

 

Glauber Braga enfrenta no Conselho de Ética um pedido de cassação feito pelo PL, devido a um incidente em novembro passado, onde ele empurrou e deu puxões para tentar expulsar o bolsonarista Abílio Brunini (PL-MT) durante uma comissão que discutia o conflito entre Israel e Hamas

 

O psolista já esteve envolvido em conflitos com vários parlamentares, incluindo Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Marcel Van Hattem (Novo-RS) e até mesmo com o próprio Lira. Até agora, três das representações contra ele no Conselho de Ética já receberam parecer preliminar favorável ao arquivamento.

Jornal nossa folha

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *