DESMATAMENTO DO CERRADO

DESMATAMENTO DO CERRADO

GDF PARTICIPA DE REUNIÃO DE AÇÕES DE COMBATE AO DESMATAMENTO DO CERRADO

Vice-governadora Celina Leão e secretário destacam ações para preservar o bioma em reunião nacional

Representantes do Distrito Federal, incluindo a vice-governadora Celina Leão e o secretário do Meio Ambiente e Proteção Animal, Gutemberg Gomes, participaram de uma reunião crucial nesta quarta-feira (27) para discutir o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento do Cerrado (PPCerrado). Ao lado de outras 11 unidades federativas, o DF comprometeu-se a intensificar as ações para evitar e reduzir a destruição desse bioma.

Durante o encontro, cada estado apresentou suas próprias medidas para combater o desmatamento. Celina Leão destacou as iniciativas já em vigor no GDF, como a criação da Empresa de Regularização de Terras Rurais (ETR), visando garantir a sustentabilidade de todas as áreas rurais do Distrito Federal. “O DF está à frente, pois temos uma empresa criada especificamente pelo governador Ibaneis Rocha para garantir que todas as terras regularizadas estejam dentro do padrão técnico de sustentabilidade”, afirmou. Ela também enfatizou o combate à grilagem de terras como parte das ações para conservar o Cerrado.

O secretário Gutemberg Gomes acrescentou que o governo local está concentrado no reflorestamento de áreas degradadas e na proteção dos recursos hídricos. “Dos 12 estados que compõem o bioma Cerrado, somos o com o menor índice de desmatamento. Temos 83 unidades de conservação e estamos incentivando as RPVNs, que são reservas do patrimônio natural, e as unidades de conservação dentro de área privada”, explicou.

O PPCerrado, apresentado pelo governo federal no ano passado, reúne um conjunto de políticas para reduzir o desflorestamento do bioma, envolvendo 19 ministérios em sua execução.

Por. agência Brasília

JNFBRASIL-JORNAL NOSSA FOLHA-DF ENTORNO E GOIÁS.

Jornal nossa folha

Noticias de Brasília e entorno sempre atualizadas para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *